08
Jul 10

Caro/a vizinho/a, sente-se bem consigo mesmo/a?

 

 

Está feliz com a sua inteligência, e acha que até tem uma grande quantidade de massa cinzenta?

 

 

Pois bem, aqui a Vizinha sabe exactamente do que precisa !

 

Uma grande pancada na auto-confiança, por parte do fantástico:

 

 

The Impossible Quiz !

 

 

 

 

 

 

The Impossible Quiz, apesar da parte "impossible" no titulo, é totalmente possivel MAS é profundamente dificil. É aquele tipo de jogo que, apesar do ar alegre (como se pode ver em cima) e infantil, e das perguntas igualmente infantis, nos atira com um grande Ena-que-és-burro na cara, e deixa a marca para sempre.

 

 

Garanto que vai ficar bastante viciado, até acabar o quiz (ui, que duvido) ou (como eu) até ficar totalmente irritado com o computador, a ponto de o querer espancar.

 

 

Ajudo já os vizinhos, dizendo que este "Jogo" (se é que se pode chamar jogo), nas perguntas que não fazem o minimo sentido, é muito provável que haja um trocadilho, ou um jogo de palavras. E, noutras perguntas, muitas vezes a resposta nao está localizada nas quatro opcoes de resposta, podendo estar até no numero da pergunta (ALERTA SPOILER, ALERTA SPOILER). Por fim, MUITO CUIDADO com os mini-jogos, isso é o que lixa mais uma pessoa. O tempo para os realizar é muito curto e, NENHUMA PERGUNTA traz instrucções, pelo que no tempo dado para o mini-jogo (normalmente 5 segundos) tem de o perceber e realizar.

 

Tem 3 vidas no jogo, não acumula vidas (apesar de acumular botões para passar à frente perguntas) e, por cada resposta errada perde uma vida, e não passa de pergunta até acertar na resposta. Nos mini-jogos, basta errar uma vez, para GAME OVER (Gah -.-)

 

Os vizinhos mais batoteiros, sempre podem procurar as respostas na net, há por todo o lado mas, nem isso os vai safar, os mini-jogos não o permitirão.

 

 

 

 

Aqui a vizinha ficou-se pela pergunta 91 () porque já estava farta, e não tinha paciencia para fazer tudo de novo (aaaaah poooois, quando se perde, tem de se fazer tudo de novo, isto se se quiser ganhar o jogo). Por isso, boa sorte, jogue, jogue, jogue, e diga-me em que nivel ficou (SEM batotas) :D

 

 

 

 

 

PS: Também há o The Impossible Quiz 2, mas vamos com calminha, ok?

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 20:36

05
Jul 10

(Devido aos caros senhores que me disseram que os meus posts são complicados de perceber, para facilitar a compreensão deste post, ele vai ser ilustrado com imagens e as letras vão estar tamanho familiar )

 

 

 

 

 

 

Há uns tempos aconteceu-me a coisa mais estranha no FeiraNova

 

Como eu compro quase a loja toda, eu levo sempre um dos carrinhos de supermercado grandes.

 

 

Então, lá estava eu, a fazer compras com o meu carrito gratuitamente alugado, quando me lembro de ir comprar atum.

tunacan.jpg image by weirdscience_photos
(Agora a menina lá de casa viciou em sandes de atum)

 

Devido à minha preguiça (e um fisico não muito musculado), resolvi deixar o fabuloso carrinho para traz para não ter de esforçar os meus bracitos.

Pronto, após escolher o atum mais caro que encontrei (a menina é muito exigente), voltei para o sitio onde tinha o meu carro.

Bem, era o único carro vazio à vista por isso, lá o agarrei.

Ora, quando vou devolver o carro para retirar a minha moedinha FeiraNova, o que é que encontro no lugar dela?



Uma moeda de um euro




Observemos bem isto:

-Eu tinha uma moeda de plástico, branquinha, do FeiraNova.

-Meti-a no meu carrinho de supermercado.

-Deixei o carro durante um tempo.

-Encontrei o carrinho vazio e segui com a minha vidinha

-Quando o fui devolver, a minha moeda branquinha passou a ser uma douradinha de um euro.




Começo a ponderar seriamente tornar isto de abandonar carrinhos num hábito...

 

 

 

 


 

 

 

 

(A minha moeda era igualzinha a esta. Só que a minha tinha umas mãos muito mais sensuais, e tinha escrito "FEIRANOVA 50 CENT" na cara)

 

 

 


PS: Ai, as saudades que eu tenho do FeiraNova do fofinho do Retail Park

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 14:43

03
Jul 10

Boa tarde, vizinhos :D

 

Nem imaginam o quanto me está a custar escrever este post... Sei que tenho andado bastante bastante bastante bastante ausente e lamento imenso isso.

 

Gostaria de poder dar uma razão totalmente aceitável para tal, de modo a que os vizinhos dissessem "Ena, ena, sim, senhor! A vizinha foi-se, mas foi porque teve mesmo de ser, afinal já não me apetece espancá-la." mas, infelizmente, não tenho tal razão.

 

O que me fez desaparecer durante tanto tempo, foram mesmo várias razões pessoais, algumas fraquinhas, outras muito fortes. Como isto não são As Tardes da Julia, não vou massar ("maçar"? Nunca sei) os vizinhos, a explicar as minhas razões.

 

Por isso, deixo-vos com UM GRANDE PEDIDO DE DESCULPAS

 

 

Agora vou me dedicar a responder a todos os comentários que me foram feitos (todos mesmo, para compensar) e, devo dizer que, já li alguns e... custa... Custa mesmo muito, tenho comentários tão antigos e eu sei que a culpa é minha, tenho total noção disso mesmo :\

 

 

 

Que mais posso dizer? É bom estar de volta

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 14:51

"-Epá, se não fosse pelos bonecos no cabeçalho, eu nunca passava por esta espelunca!"

mais sobre mim
Caixa de correio...
e-mail
Toca a enviar Méles à Vizinha!
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
subscrever feeds