25
Abr 09

Deixa que te leve

 

 

Visto que é coisa que nunca acontece, resolvi informar os estimados vizinhos.

 

E adivinham o titúlo? "Deixa que te leve"!

 

Mais uma música do senhor Paulo Gonzo!

Ele fica com as novelas todas: Deixa que te leve, dei-te quase tudo, T.O.D.A.S!

 

 

Epá, mas eu sinto-me triste por certos cantores que não têm direito a uma novela da TVI...

 

 

O Tony Careira já teve -Ai, tantas vezes que a minha mão me telefonou para me informar que ele tinha uma novela-, o André Sardet também, a Susana Félix também....

 

 

Mas, e o Quim Barreiros? Juro, caros vizinhos, em 16 anos de existência, a TVI nunca, mas nunca, fez uma novela para o Quim Barreiros.

 

 

O quanto eu ia ficar colada a televisão ao ver a novela "Nos peitos da Cabritinha" (em que iamos ter a menina Rita Pereira a mostrar as suas verdadeiras cores);

 

 

 

 

 

Ou a ver a novela "A Garagem da Vizinha". Onde, os vizinhos ao entrarem neste meu bloguezito, viam uma mensagem a dizer que eu tinha sido raptada e que o amor da minha vida andava à minha procura... na garagem (não é muito esperto este meu amor)

 

 

 

 

 

Ou "Quero cheirar teu bacalhau, Maria". Sobre um padeiro que geria uma lojinha de bolos e pão, sendo sempre muito cuidadoso com o seu pãozinho e dedicado à profissão. Até que, ao lado da sua loja, abriu uma loja de peixe, gerida por maria, uma velha badalhoca e ranhosa que, no entanto, tem um peixe delicioso com um cheiro espectacular. O que faz o padeiro querer cheirar o peixe.

 

Maria deixou-o cheirar todos os peixes menos o bacalhau. Ora, o padeiro ficou mesmo irritado, fazendo mil e umas coisas para cheirar o bacalhau de Maria.

 

"- Epá, mas eu quero cheirar o teu bacalhau, Maria..."

 

 

 

 

 

 

 

Vá lá, TVI, se virem este post dêem lá uma novela ao Quim que ele também já não vai para novo.

 

 

 

E além disso, o Paulo Gonzo já está com os cabelos em pé (cabelos que ele não possui) de ver tantas novelas!

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 15:33

ATENÇÃO: Os seguintes penteados que eu vão mostrar são, segundo um certo site de moda (muito bom, mesmo) cujo nome não vou mencionar, os penteados da moda...

 

 





Realmente, despenteado é o novo penteado!

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 15:20
sinto-me: Com um penteado todo lindo!

24
Abr 09

Ora aqui temos a segunda parte das minhas frases favoritas. Hope you enjoy!

 

 

- The girl next door

- Eat some humble pie

- I'll pencil you in

- Leave Britney Alone

- Putting lipstick on a pig

- A lost ball in the high weeds

- Add fuel to the fire

- Bad workers always blame their tools

- Between the devil and the deep blue sea

- Between you and me and the cat's whiskers

- Brush under the carpet

-A penny for your thoughts

 

 

 

Agora, já me pediram no outro post para pôr a tradução à frente mas, mázinha como a Vizinha é, só vou pôr a tradução após a lista das minhas frases estar completa.

 

 

"Peciênce"!

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 19:38

21
Abr 09

Vejo muita gente a dizer as suas frases favoritas para as pessoas lerem. Boa ideia, muito bonito mas, eu não tenho frases favoritas. Pelo menos, portuguesas não. Inglesas sim. Muitas...

 

 

Por isso, vou pôr a lista das minhas frases favoritas em inglês (olhem só que arrumadita, tenho isto escrito em word e tudo):

 

 

- Karma is a bitch

- Snitches get stitches

- A bitch and a half

- If you get in my way, your ass is grass

- Don't worry he's just trying to break your crayons

- Drama Queen

- Dine and Dash

- Deja Moo

- Early Nerd Special

- Earjacking

- OMG

- Fo’ Shizzle my Nizzle

- Foul-weather friend

 

 

 

 

 

E são todos!

 

 

 

Mentira! Há muitos, muitos mais... por isso é que vou pôr a lista aos pouquinhos.

 

 

Caso tenham alguma dúvida sobre o significado das frases, basta perguntar!

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 21:28
sinto-me: Tão estrangeira!

17
Abr 09

lol


lots of laughs

 

laughing out loud

 

Grande parvoíce

 

 


A teoria lol, consiste no facto da palavra lol conseguir tirar toda a seriedade e consistência de uma frase séria.

 


Exemplos:

 

 

Cuidado, tens um assassino atrás de ti. lol

 

 

Lamento informar-lhe, mas possui cancro no pulmão. Pode não conseguir recuperar. lol

 

 

Passa para cá a carteira ou estouro-te os miolos. lol

 

 

Este blog é estupido e não tem a minima piada. lol

 

 

 

 

 

 

loool

 

 

 

 

Agora não me esganem por falar mal do "lol". Eu utilizo o lol.

 

 

Sério, utilizo-o naquelas conversas no Messenger em que estou a falar com alguem extremamente aborrecido, e fico sem assunto. Então tudo o que a pessoa diz é correspondido com um lol da minha parte.


 

 

Sujeito extremamente aborrecido- Então.... a vida....

 

Vizinha- looool

 

Sujeito extremamente aborrecido- Então.... Msn

 

Vizinha- lol

 

Sujeito extremamente aborrecido- Alta conversa que estamos a ter...

 

Vizinha- lol

 

S.E.A- Estou desanimado

 

Vizinha- lol

 

S.E.A- lol?

 

Vizinha- lol!

 

S.E.A- Só sabes dizer lol?

 

Vizinha- lol

 

 

 

 

Então... tudo lol, vizinhos?

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 16:47
tags: , , ,

Olá, caros vizinhos. Hoje vou falarvos de um blog muito girinho.

 

Trata-se do blog Desconhecido PROCURA-SE.

 

Eu já conhecia o site estrangeiro NY girl of my dreams (tão querido... encontrou-a...) mas nunca tinha visto algo assim em Portugal.

 

Acho muito giro por isso deixo aqui o link para ajudarem, caso consigam.

 

desconhecidoprocura-se.blogs.sapo.pt

 

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 15:24

10
Abr 09

http://msnbcmedia1.msn.com/j/msnbc/Components/Photos/060613/060613_kfc_fat_hmed_9a.hmedium.jpg

 

Hoje não se pode comer carne... O que é bastante chato visto que odeio peixe...

 

 

Estou a pensar ir comer ao KFC. Talvez comer panadinhos...

 

Alguém considera panados carne? Quer dizer... o panado não é um animal...

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 15:16
sinto-me: Esfomeadaaaaaa

04
Abr 09

http://cilaschulman.files.wordpress.com/2008/10/medo-2.gif

 

 

Sabem, a Vizinha nunca foi de ter medo. Quer dizer, de o demonstrar porque não queria que as pessoas soubessem que ela tinha medo de aranhas, fogo, etc...


O primeiro medo de que a Vizinha se lembra de ter tido foi o medo do escuro, o que só aconteceu por volta dos sete anos (já viram a boa memória?). Foi com um filme... A Vizinha ia ver um filme de comédia com fantasmas mas a senhora da bilheteira disse que o filme podia assustar algumas crianças porque tinha fantasmas (). Então a besta da mulher sugeriu outro filme. O filme que a Vizinha ia ver, a principio era de animação, maiores de 4 e este era de quê? Terror. Maiores 16.

 

Isso mesmo! Com 7 anos a vizinha teve de ver um filme para maiores de 16.

 

 

Ora, isto, é o tipo de coisas que uma criança não esquece (mesmo quando a criança em conta passa o filme todo a tapar os olhos...) e foi assim que a Vizinha ganhei o medo pelo escuro.

 

 

Outro medo estranho que ela possui é o medo de... - Não gozem- Ferros....

 

 

Isso, a Vizinha tem medo de ferros! De passar, para madeiras, de frisar, encaracolar, todos! Odeia ferros e ponto final.

 

Ora, a origem deste medo é duvidosa visto que a Vizinha não se recorda bem. Há duas possibilidads:

 

-Ou foi aos 12 anos quando, um colega, a queimou (acidentalmente, disse aquela sacana) com um ferro para madeira.

 

- Ou quando a Avó dela a queimou (acidentalmente) com o ferro de passar a roupa quando a Vizinha era pequena (É claro que ela não se lembra disto, era demasiado pequna para se lembrar. A mãe é que lhe contou)

 

 

 

Que medo falta? Oh, o medo das aranhas! Se bem me recordo, este nasceu com a vizinha mas só se deu a mostrar aos 12 anos dela...

 

Estava ela na rua, com os amigos quando várias aranhas emergem da superficie. As raparigas começaram todas aos berrinhos e a Vizinha ia fazer o mesmo mas, ao ver que os rapazes estavam a gozar com quem gritava, ela juntou-se a eles e pôs-se a mexer nas aranhas, para os impressionar.

 

Oh, a agonia! A dor! O meeeeedooooooo!

 

Naquela noite, a Vizinha não dormiu e, para piorar, dias depois, viu uma reportagem que dizia que, em média, toda a gente vai engolir cerca de 5 aranhas, enquanto dorme, durante a vida. Estas coisas arrepiam...

 

 

Agora a Vizinha já não tem medo de arranhas pois, aos 15 anos, descobriu que estas eram excelentes para praticar o seu pontapé...

 

 

Mua ah ah! Vizinha assassina!

 

 

Acho que não há mais nenhum medo por explicar portanto... Fim do post!

 

 

 

 

Queriam, não queriam? Mas não! Este post ainda continua...

 

 

Visto que a Vizinha não tem mais medos, ela vai apresentar-vos de outros medos giros que ela conhece:

 

Alodoxafobia - medo de opiniões


Automatonofobia - medo de tudo o que represente um ser vivo, como estátuas, bonecos de ventrilucos, etc...


Oftalmofobia - medo de ser olhado.


Octofobia - medo do número 8.


Ablutofobia - medo de lavar-se ou de tomar banho.


Anablefobia - medo de olhar para cima.


Barofobia - medo da gravidade.


Apeirofobia - medo do infinito.


Assimetrifobia - medo das coisas assimétricas.

 

Ablepsifobia - medo de ficar cego

 

Cainofobia ou cainotofobia - medo de novidades

 

 

Catagelofobia- medo do ridículo (estar ou ser)

 

 

E, os vencedores:

 

Afobia - medo da falta de fobias

 


Fobofobia- medo de ter medo

 

Biofobia - medo da vida

 

Ideofobia- Medo de ideias

 

 

 

 

 

 

 

 

PS: Não sei porquê mas, falei de mim na terceira pessoa durante todo o post... Talvez tenha medo de falar dos meus medos. Qual será o nome para isto? Falifobofobia? Até que soa bem...

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 10:41

03
Abr 09

http://hypedesire.blogtv.com.pt/img/Image/HypeDesire/2008/Fevereiro/cama_cao1.jpg

 

 

 

Vá, para quem tem cães, um conselho (viram? Está bem escrito...):

 

- Façam o que fizerem, não dêem alcunhas aos vossos cães!

 

 

 

Eu explico: Como já foi mencionado neste blog, o nome do meu cão é Eddy.

Como o passar do tempo comecei a dar-lhe umas alcunhas mais bonitinhas como Dinho, Didinho. Enfim, muitos nomes acabados em "Inho".

 

 

Até agora não tinham havido problemas. Eu dizia Dinho e o cão aparecia. Dizinha Didinho e o cão aparecia. Dizia Badinho e ele aparecia.

 

 

Então não é que hoje o chamo Eddy e ele fica a olhar para mim feito estúpido como quem diz: - "A gaja passou-se...".

 

 

 

E não fica por aqui caro vizinho ("- O quê? Ainda mais? Arre...), não, não fica.

O meu amigo Ricardo veio à cidade e trouxe o filho dele. Convidei-os para um jantar e quando eles chegam eu digo: Então Ricardo? É este o Tiaguinho?". E o esperto do meu cão veio logo ter comigo.

 

Ao ver tal coisa, apercebi-me que ele pensou que ele tinha ouvido Dinho. Para tirar dúvidas chamei-o Zézinho. O cão olhou. Chamei Maninho. O cão olhou. Chamei macaquinho. O cão olhou. Comecei mesmo a pensar que ele respondia a todos os nomes acabados em "Inho"

 

Mas, para tirar dúvidas, chamei-o Estupidinho. E o cão mordeu-me...

 

 

 

 

Nota para mim própria: Não dar um nome que suscite dúvidas ao próximo cão que tiver. Tipo Leopoldino...

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 22:22

Fui desafiada por um caso isolado (que pelos vistos é quase a única pessoa que me desafia para algo) a dizer a minha rotina diária toda direitinha com uma coisa que é mentira.

 

Então cá vai:

 

(Vou descrever uma sexta-feira normal)

 

Acordei, levantei-me e fui trabalhar no blog enquanto via televisão.

 

Às 14 horas almocei e às 15 horas levei o meu cão à rua.

 

Às 16:30 vesti o meu fato de treino e às 17 horas saí de casa.

 

Às 17:15 cheguei ao Ginásio e fiz os exercicios habituais.

 

Às 18: 50 vesti o meu fato de banho e às 19 horas fui para a piscina.

 

Às 20 horas saí da piscina, tomei banho e às 20:30 já estava em casa.

 

Às 21 horas vi "Ao estilo de Tabatha" mas acabei por ir fazer uma sandes porque as gajas do são já me estavam a enervar.

 

Li um pouco, e, às 23:25, deitei-me.

 

 

 

 

 

 

Agora eu não sei se é suposto vocês dizerem o que está mal mas acho que é.

 

Também, ultimamente, ninguem tem visitado o meu bloguezinho portanto, ninguém deve participar....

 

 

Enfim...

 

 

 

publicado por Podem tratar-me por vizinha... às 11:25
sinto-me: Muito desmotivada

"-Epá, se não fosse pelos bonecos no cabeçalho, eu nunca passava por esta espelunca!"

mais sobre mim
Caixa de correio...
e-mail
Toca a enviar Méles à Vizinha!
pesquisar neste blog
 
Posts mais comentados
subscrever feeds